terça-feira, 15 de junho de 2010

Don’t let this magic die!

Olá, pessoas! Hoje a tia Naty vai falar sobre um tema que ela gosta muito muito muito, e todas as outras tias do blog gostam também: HARRY POTTER!

Isso porque nessa semana acabaram as filmagens da última parte de Harry Potter e as Relíquias da Morte (A primeira parte será exibida nos cinemas em novembro deste ano, e a última em julho do ano que vem, se não estiver enganada, e corra pra garantir o ingresso, porque VAI LOTAR, tenha certeza disso.), e bate aquela ânsia, porque tipo, VAI ACABAR.

E eu me lembro de quando eu tinha seis anos e meu pai lia A Pedra Filosofal pra mim antes de eu dormir, e eu ficava IMPRESSIONADA, tipo, como podiam corujas aparecerem de dia? Como podia um gato LISTRADO DE AMARELO, parado NUMA ESQUINA, lendo UM MAPA? Como podia um menino magrelinho, com uma cicatriz estranha na testa, ter perdido os pais tão novo, e ter ido morar com seus tios, e dormir debaixo da escada? E por que ele era tão mal-tratado?

E aí quando eu tinha sete anos eu comecei a ler o livro sozinha, e li inteiro em uma semana. E aí li A Câmara Secreta, e morria de medo do basilisco (E quando vi o filme tinha medo de olhar nos olhos dele, e eu SEMPRE me assustava quando ele aparecia do nada naquela cena!). Enfim, e eu passei a amar o Harry com todas as minhas forças, e depois o Dan, e lia os livros repetidas vezes (ainda leio e :$), E EEENFIM, se eu for falar aqui toda a minha história com HP... :P

Tá, mas a ideia do post é mais falar sobre cada um dos livros, mesmo que existam poucas pessoas no mundo que já não tenha lido ou ouvido falar deles... OK, lá vai.


Harry Potter e a Pedra Filosofal: O livro começa com uma série de fatos estranhos, pessoas com roupas esquisitas nas ruas, corujas passeando no céu de Londres, UM GATO LISTRADO DE AMARELO LENDO UM MAPA NA ESQUINA E, enfim. Harry era um garoto que tinha uma cicatriz em forma de raio na testa, supostamente fruto do acidente de carro que matara seus pais, e sempre fizera acontecer coisas estranhas ao seu redor. Isso se repete quando várias cartas começam a chegar na casa onde vive com seus tios, endereçadas diretamente para ele. Seu Tio Valter, por algum motivo, não quer que ele leia as cartas, mas daí aparece o Hagrid, um meio-gigante, no dia do aniversário de onze aninhos do Harry e entrega a carta pra ele fazendo a revelação: Harry é um bruxo, e deve ir para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, aprender tudo o que tem que saber. No fim do seu primeiro ano letivo, ele já enfrenta um bruxo das trevas e o vence. O livro tem algumas falhas de tradução, normal, como, por exemplo, Draco Malfoy é denominado muitas vezes de ‘Drago’ e a Professora Sprout, que só é citada poucas vezes, aparece como PROFESSOR Sprout. o_o


Harry Potter e a Câmara Secreta: Não me atrevo a escolher o meu preferido da série, mas A Câmara é com certeza um dos que mais gosto. É meio sombrio, alunos começam a ser atacados e petrificados por algo maligno e desconhecido em Hogwarts, e todos temem que algo possa voltar a acontecer, SÓ QUE NINGUÉM EXPLICA DIREITO O QUE É ESSE ALGO! Reza a lenda que na última vez que alunos foram assim atacados, um deles acabou morrendo ao final, e há também toda uma história mal explicada de que há uma câmara secreta escondida em algum lugar do castelo, e essa câmara só seria novamente aberta quando o Herdeiro de Slytherin retornasse à escola. Por alguns motivos aleatórios, as pessoas começam a pensar que Harry é esse herdeiro, MESMO ELE SENDO DA GRIFINÓRIA, e as pessoas se afastam dele. Ele chega a questionar suas escolhas, e até mesmo questionar se estaria na Casa certa em Hogwarts. Enfim, ele realmente consegue abrir a Câmara Secreta para salvar a irmã do Rony, seu melhor amigo, e todos os que estão petrificados na escola, e tudo acaba bem. EU AMO MUITO ESSE LIVRO, deixa eu confessar porque: É aqui que aparecem alguns objetos, personagens e revelações que são super importantes para o desenrolar dos outros cinco livros. *-*


Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban: Harry virou um adolescente rebelde e, logo no início do livro, foge da casa de seus tios, encontra um cachorro bem ~~dumal~~ e sobe a bordo do NÔITIBUS ANDANTE, embarcando direto para o Caldeirão Furado, a passagem para o mundo dos bruxos. Lá, além de encontrar seus amiguênhos, ele descobre que tem um assassino à solta, e que ele pode vir a procurar Harry. :O Na escola, o clima de preocupação aumenta , quando o tal assassino, Sirius Black, é visto DENTRO do castelo, e Harry acaba descobrindo por acaso que Sirius é, nada mais nada menos que... SEU PADRINHO! Um monte de personagens novos surgem, tipo o Sirius Black e o Professor Lupin, além de criaturinhas também. Harry entra em contato com um lobisomem (Um de verdade, e não um cachorrinho bonitinho que anda numa matilha e u_u), voa num hipogrifo, descobre um monte de coisas sobre Hogwarts e suas passagens secretas (Graças ao Mapa do Maroto, um objeto MUITO LEGAL que mostra a escola toda e todos que estão nela), e sobre animagos, bruxos que podem se transformar em animais quando querem, além do vira-tempo, uma coisinha bonitinha que te deixa voltar no tempo. E há também a cena ~~SUPER DIVA~~ da Hermione dando um SOCÃO no Malfoy (Além de chamá-lo de “Barata nojenta, abominável e asquerosa!”, mas eu não tenho certeza se isso ocorre no livro também ou apenas no filme. o_o)


Harry Potter e o Cálice de Fogo: Esse livro é realmente cheio de coisas novas. Aliás, essa é uma das partes que eu mais gosto em Harry Potter: Cada livro traz um monte de coisas novas, personagens, objetos, o que não deixa a leitura cansativa ou monótona, pelo contrário, dá vontade de ler cada vez mais pra descobrir o que mais vai aparecer! Além de que tudo, realmente TUDO, o que é citado contribuir para o final da saga. *-* Mas tá, enfim. O Cálice de Fogo começa com a Copa Mundial de Quadribol, que por si só já traria um monte de coisas legais para se saber, mas nela ainda ocorre o ataque dos Comensais da Morte, bruxos aliados de Voldemort, o maior e mais forte bruxo das trevas ~ever~. Eles aparecem lá no acampamento bagunçando tudo, e todo mundo tem que fugir, e acaba que o Harry perde a varinha dele nessa fuga, e daí aparece a Marca do Voldemort em cima do acampamento, e todo mundo fica LOUCO porque normalmente essa marca significa que alguém morreu ali. O Ministro da Magia aparece e descobre que a Marca foi projetada pela varinha do Harry, e esse é um momento bem TENSO, porque todo mundo acha que foi ele, mas, claro, não foi. E esse é só o início do livro. No decorrer, acontece o Torneio Tribruxo, e Harry é obrigado a participar, mesmo estando abaixo da faixa etária, porque alguém o inscreveu, e parece que esse alguém quer matá-lo, já que no torneio ele tem que enfrentar UM DRAGÃO, UMA HORA EMBAIXO D’ÁGUA PRA SALVAR SEU AMIGO, E UM LABIRINTO CHEIO DE MALDADES E ok, parei. Mas isso acontece mesmo. E ainda acontece que a taça de prêmio do torneio é uma chave de portal, que o leva para um cemitério bem MACABRO e ele presencia a morte de Cedrico Diggory, além do retorno de Lord Voldemort e a reconvocação dos Comensais da Morte. E AINDA tem o fato de que ele quase morre mais uma vez, e quando retorna a Hogwarts com o corpo do Cedrico (E é super triste o Amos Diggory falando, “É o meu filho... É O MEU GAROTO!” Ç_Ç) e contando que o Voldemort voltou, NINGUÉM ACREDITA NELE, OLHA QUE LINDO. –nnnn


Harry Potter e a Ordem da Fênix: O mundo dos trouxas está sombrio, e apenas os bruxos suspeitam que isso está ocorrendo por causa da volta de Lord Voldemort. Logo no início, dementadores, criaturas do mal que sugam toda a felicidade e esperança do que está por perto, atacam Harry e seu primo Duda, e Harry é obrigado a usar magia para se salvar, mesmo sendo menor de idade. Assim, ele é convocado a uma audiência no Ministério da Magia para que seja julgado se ele deveria ser expulso da escola e perder sua varinha (Ou não, que é o que de fato ocorre.). Assim, um novo ambiente é introduzido, e o Ministério é muito importante pois é o palco da batalha final do livro. Muitos personagens também aparecem neste livro, como a Tonks, um monte de pessoas que fazem parte da Ordem da Fênix, uma organização meio que secreta que visa combater Voldemort, seus seguidores e todo o tipo de arte das trevas, e a Professora Umbridge, a nova professora de Defesa Contra as Artes das Trevas de Hogwarts, uma verdadeira megera. Harry e seus amigos são amplamente reprimidos por afirmarem que Voldemort está realmente de volta, e acabam tendo que criar dentro da escola um núcleo de resistência e preparo para o que venham a encontrar no mundo além dos portões da escola. Assim nasce a AD, Armada de Dumbledore, tendo Harry como professor e a Sala Precisa como sala oficial. A AD acaba sendo bem útil, pois ao final do livro, as crianças travam uma luta contra vários Comensais da Morte, e aparece também a Ordem da Fênix para ajudá-los, e acaba que o Sirius morre e Ç_________Ç Tá, esse é o maior livro da série, tem 702 páginas, mas é também muito importante. Nele também acontece o primeiro beijo do Harry, com a Cho Chang, ex-namorada do Cedrico Diggory (Ç_Ç), na própria Sala Precisa.


Harry Potter e o Enigma do Príncipe: Ah, esse livro é bastante esclarecedor. Ocorrem umas revelações bem macabras sobre a infância e vida adolescente de Lord Voldemort, além de outras revelações macabras sobre como ele é praticamente invencível por ter sua alma dividida e cada parte depositada num objeto, as chamadas Horcruxes. A ameaça das artes das trevas retornarem ao poder está maior que nunca, e várias pessoas estão sendo recrutadas para os Comensais da Morte, como, por exemplo, o aluno e arqui-inimigo de Harry, Draco Malfoy. Mas O Enigma do Príncipe traz também algumas tiradas muito boas, como a Loja de Logros de Fred e Jorge Weasley, a Gemialidades Weasley, as aulas de aparatação que Harry e seus colegas passam a ter, e a primeira namorada do Rony, Lilá Brown, o que deixa Hermione bastante enciumada. E, claro, o esperado beijo entre Harry e Gina (Eu, particularmente, esperava isso desde A Câmara, quando ele fica todo preocupado com ela na própria Câmara Secreta. *-*) Mas, é neste livro que Harry descobre que está praticamente sozinho em sua batalha contra Lord Voldemort e todos os seus comparsas, e que seria muito difícil vencê-los, por causa das Horcruxes do Voldemort. :x E, claro, este livro te fará ter muita, mas MUITA raiva e ódio do Snape, que ao final MATA o Professor Dumbledore (Ç_Ç) e, aparentemente, demonstra toda a sua lealdade ao Lord das Trevas. :x


Harry Potter e as Relíquias da Morte: Mais uma vez, um dos meus preferidos. Toda vez que eu termino de ler Relíquias, dá vontade de começar todo de novo! Ele traz, claro, todas as revelações sobre toooooda a saga e vida de Harry Potter. Traz batalhas, discussões, revoltas, resistência, perdas, ganhos, vitórias, derrotas, enfim. Um monte de mensagens lindas sobre amizade e força de vontade. Não canso de falar isso, e todas as meninas do tópico J.K. Rowling x Stephenie Meyer, da comunidade da Capricho, não cansam de reafirmar para todos os que dizem que Harry Potter não traz nenhuma mensagem, Relíquias mostra que numa guerra, os dois lados perdem. Mas não é por isso que devemos parar de lutar. Repetindo as palavras do sábio e eterno Dumbledore, haverá uma hora em que todos deverão escolher entre o que é certo, e o que é fácil. Sério, Harry Potter e as Relíquias da Morte foi o livro com o qual eu MAIS chorei na minha vida, mano. É do tipo que está tudo bem, e, duas páginas depois, você não consegue ver saída, e EU NÃO QUERO FAZER SPOILERS, MAS O FINAL É TÃÃÃÃO PERFEEEEEEEEEEITO! *-* A única coisa que me decepcionou nesse foi descobrir quem era o R.A.B do bilhete da falsa horcrux do fim do sexto livro no capítulo 10, mas supera-se.

Enfim, gente, é isso. Só tenho a dizer que amo muito esse série, e que Harry e todos os outros serão eternos para mim e tantos outros fãs, because we won’t let this magic die. Never. <3 Beeeeeeeijo, gente, até a próxima terça! *-*

P.S.: VAI DAR 2 X 1 PRO BRASIL NO JOGO, torçam todos, beijosss.

10 comentários:

  1. PdA é o meu preferido. Todos são bons, mas foi nesse que eu comecei a me apaixonar por HP! *-* Noss, eu demorei muito pra ler o 5º. Mesmo. Não leio nem gosto de ler rápido, então foi naquela lentidão -q

    Não me fala do ultimo, cara, eu chorei MUITO, mas MUITO MESMO nesse livro. Não importava se em um determinado capitulo não houvesse morte, eu chorava. ._. E quando o Potter começava a pensar em como amava o ruivinho e a mandona, ai. T_T

    Mt bom post, Natu! Bjocas! <3

    ResponderExcluir
  2. adorei o post, mas o final de deathly hallows não é nada perfeito u_____________________u qqqqq

    bjs queridaaaaa

    ps.: brasil 2x0 hoje

    ResponderExcluir
  3. ADOREI, NATY!!!! arrasou *--------------*
    eu cresci com Harry Potter, desde os 8 anos ele vive no meu coração e...tá,parei. <3

    o meu favorito de todos os livros é o 5º, pqp, É O MELHOR DE TODOS!
    e o último é excelente, a tia jô arrasa eternamente, só que eu continuo odiando o Snape. E ainda acho que o par perfeito pro Harry é a Luna. Gina? Gina devia ter morrido ú_ú. Tá, morrer não. Mas eu prefiro a luna com o Harry, definitivamente,hihi

    Anyway. I have stuck with Harry Potter 'til the very end <3

    ResponderExcluir
  4. a magia nunca vai acabar:)

    e vai ser 2 X0

    ResponderExcluir
  5. 2x1!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Eu cresci lendo HP, cara, chorei muito lendo o último cara, muito mesmo, até a dedicatoria da JK me fez chorar .-.
    'Til the ver end <3 +1
    Meus livros preferidos são o terceiro, o quarto e o último!
    2x1!!!!!! Pro brasil XD
    Amei muuuuito o post <3
    beijos ;*

    ResponderExcluir
  7. Naty sua cagona,filha de mãe Diná,você acertou o placar -q

    ResponderExcluir
  8. Ah! Adoro Harry Potter, se não fosse thaís eu nunca teria nem tocado em um livro desses, mas eu li o primeiro de tanta insistencia dela e depois não parei mais. Enfim, to muito ansiosa pro filme! E pode ter certeza de que a magia não vai morrer enquanto existirem fãs de HP nesse mundo, e olha que são muitos!

    ResponderExcluir
  9. Naty sua cagona,filha de mãe Diná,você acertou o placar -q +1

    Mas enfim, HARRY POTTER, AAAAAAAAAAAAH *-*
    Uma vez eu sempre falava que meu preferido era Enigma do Principe, porque assim, é muito legal mesmo, é super tenso e divertido ao mesmo tempo, o Harry e a Gina começam a namorar, e o Dumbi morre :'( Mas eu cheguei a conclusão que eu amo Pedra Filosofal, DEMAIS <3 Porque foi ai que eu me apaixonei por Harry Potter aos 6 anos *-*
    E eu estou morrendo porque tipo, acabou, e acabaram as filmagens, e daqui a pouco RdM 1 e 2 é lançado, e não tem mais estreia, não tem mais ansiedade :( Mas para os fãs de verdade Harry Potter nunca morre ♥

    Anyway. I have stuck with Harry Potter 'til the very end <3 +1

    Ameeeeeeei, beijos Natú ;*

    ResponderExcluir